Uma história que nos leva a acreditar em Deus

Náufragos: eis aí o garoto Pi e tigre predador Richard Parker. História real sobre como uma Força Maior salvou-lhe a vida

“A VIDA DE PI” é lindo, instigante, poético, do mestre Ang Lee. Não assistia a um filme de tamanha profundidade espiritual e ecológica desde “Dersu Usala”, do grande mestre Akira Kurosawa. Havia visto o trailler semanas atrás. Pareceu-me bobinho, batizado no Brasil com o título “Aventuras de Pi”. Por coincidência, logo depois encontrei numa livraria uma coletânia tipo os melhores livros de todos os tempos. Lá no finzinho estava “The Life of Pi”, de 2001, do canadense Yann Martel. A sinopse refere-se à busca espiritual de um garoto indiano, que encontrou respostas no hinduismo, no cristianismo e no islamismo, tudo ao mesmo tempo. O autor Martel promete contar uma história que nos levaria acreditar em Deus. O filme de Ang Lee consegue. Deu vontade de ler o livro de Martel.
Esta entrada foi publicada em Espiritualidade e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *