A hora do beija-flor

A vida 茅 t茫o intensa! Geralmente s贸 conseguimos registrar na mem贸ria grandes eventos, furac玫es, vulc玫es, guerras, her贸is ol铆mpicos, personalidades tonitroantes… Mas 茅 bom por vezes parar por alguns minutos. Respirar, refletir, observar… S茫o nesses instantes, t茫o raros quanto delicados, que uma borboleta azul se aproxima. Ou um beija-flor.

Esta entrada foi publicada em Espiritualidade e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endere莽o de e-mail n茫o ser谩 publicado. Campos obrigat贸rios s茫o marcados com *